Natais por conta própria

Árbol de Navidad

Pequenas árvores de plástico assomam aqui e ali com grinaldas guardadas de outros anos e uma estrela de arame na ponta. Soberbas coníferas repletas de detalhes colocadas no lobby de algum grande hotel ou na sala das residências de Miramar. Luzes, cores, melodias que começam – vez por outra – sem terminar. Numa Rua do Nuevo Vedado os vizinhos competem para ver quem coloca os adornos mais chamativos sobre a balaustrada das suas varandas ou nas cercas vivas do jardim. Porém muitas casas, milhares delas, sem um só detalhe que remeta as festas deste dezembro. Talvez por ateísmo, por falta de recursos ou por simples apatia para celebrar. Celebrar o que? Diriam muitos deles se fossem perguntados.

Neste Natal os trabalhadores por conta própria tornaram seus os festejos de fim de ano. Nas barraquinhas de comida, nas diminutas salas onde se vendem bugigangas e nos restaurantes particulares de Havana, há a intenção de engalanar os espaços com imagens de Santa Claus, bolas de cristal e luzinhas cintilantes. Explosão de cores e cânticos de Natal que no setor privado de serviços faz uma grande diferença em relação a sua contraparte estatal. Como se o excesso de detalhes e ornamentação fosse outra maneira de se distanciar da despersonalização de muitos lugares ocupados por ministérios ou instituições. Estes excessos visuais de hoje são, muito provavelmente, a resposta popular a todas aquelas Noites Felizes em voz baixa ou totalmente ignoradas, nas quais possuir uma árvore da Natividade constituía uma evidência de “desvios ideológicos”.

Também ficou a lembrança de uma circular, atribuída ao hoje vice-presidente José Ramón Machado Ventura, que proibia as árvores de Natal em lugares públicos. Intento falido de seguir regulando até a forma pela qual nos despedíamos do ano e que – por sorte – não se sustentou por muito tempo. Aqueles excessos de proscrições e falsa austeridade deram origem à exuberância atual. Muitos querem ter a imagem da Virgem e o Bebê nas salas de suas casas, mesmo que não saibam sequer se colocam feno ou neve nos pés da manjedoura. Por todos os lados há florões vermelho rubro, luzes que cintilam e rostos gorduchos arrematados por um barrete pontiagudo. Tantos dezembros entre o vai e vem entre o “não se pode” e o “sim, se pode” alimentaram este furor natalino. Agora poucos querem deixar as grinaldas guardadas em suas caixas ou a estrela de arame com suas cinco pontas em alguma gaveta.

Tradução e administração do blog em língua portuguesa por Humberto Sisley de Souza Neto

Anúncios

6 thoughts on “Natais por conta própria

  1. .
    Imagino que uma pequena árvore de natal, com luzes coloridas e mesmo pouco ornamentada, deve destoar bastante do ambiente em torno dela.
    .
    Fidel que no passado proibiu os festejos de Natal, hoje não deve ter condições de reativar as suas proibições que não devem ter sido revogadas, mas apenas ignoradas.
    .
    A iniciativa privada denominada toscamente pela ditadura de trabalhadores por conta própria, parece ressurgir na capital Havana, mas não sei se o mesmo acontece no resto da ilha.
    .
    A ditadura publicou um extenso grupo de metas que contém muitas diretrizes para melhorar e tornar mais eficiente a economia, mas parece ser apenas um documento de boas intenções, sem entrar em maiores detalhes, de como fazer isso.
    .
    Se depender do estado, não parece que vai ter funcionários dispostos a aceitar mudanças. Basta ver que Fidel se lançou candidato para as próximas eleições.
    .
    Pelo documento parece que vão acontecer mudanças na economia. Mas prosperar em Cuba ainda é crime.

  2. LISTA DE NATAL DO LULALAU

    Confira a lista dos que acham que mexer com o chefe supremo é mexer com eles

    NÚCLEO POLÍTICO

    A/B
    Agnelo Queiroz, Aldo Rebelo, Alfredo Nascimento, Almeida Lima, Aloizio Mercadante, Ana Arraes, André Vargas e Ângela Guadagnin, Benedita da Silva e Brizola Neto.

    C/D
    Cândido Vaccarezza, Carlos Abicalil, Carlos Lupi, Carlos Roberto Massa Junior (Ratinho Junior), Ciro Gomes, Claudinho da Geladeira, Cristóvam Buarque e Dilma Rousseff.

    E/F
    Edison Lobão, Eduardo Braga, Eduardo Campos, Eduardo Paes, Eduardo Suplicy, Eleonora Menicucci, Fernando Collor, Fernando Haddad e Fernando Pimentel.

    G/H
    Gabriel Chalita, Gilberto Kassab, Gleisi Hoffmann, Gustavo Fruet, Hélio Costa e Henrique Eduardo Alves.

    I/J
    Ideli Salvatti, Inácio Arruda, Iriny Lopes, Jacques Wagner, Jader Barbalho, Jaqueline Roriz, Jilmar Tatto, João Pedro Stédile, Jorge Viana, José Nobre Guimarães, José Sarney e José Zequinha Sarney Filho.

    L/M
    Lindberg Farias, Luiz Dulci, Luiz Fernando Pezão, Luiz Marinho, Magno Malta, Marcelo Crivella, Marcelo Déda, Marco Maia, Maria do Rosário, Markus Sokol, Michel Temer e Marta Suplicy.

    N/O/P
    Nelson Pelegrino, Newton Cardoso, Olívio Dutra, Orlando Silva, Paulo Bernardo, Paulo Maluf, Paulo Paim, Paulo Vanucchi, Pedro Henry e Professor Luizinho.

    R/S
    Raul Pont, Renan Calheiros, Ricardo Berzoini, Roberto Amaral, Roberto Requião, Romero Jucá, Roseana Sarney, Rui Falcão, Sergio Cabral, Severino Cavalcanti, Sibá Machado e Silval Barbosa.

    T/V/W
    Tarso Genro, Teotônio Vilela Filho, Tião Viana, Vanessa Grazziotin, Wadih Mutran e Weslian Roriz.

    NÚCLEO OPERACIONAL-FINANCEIRO

    A/C/D
    Abílio Diniz, Antonio Palocci, Celso Amorim, Clésio Andrade, Delfim Netto e Duda Mendonça.

    E/F/G
    Edir Macedo, Eike Batista, Erenice Guerra, Fernando Cavendish, Fernando Sarney, Freud Godoy, Gilberto Carvalho, Gilberto Miranda, Graça Foster e Guido Mantega.

    H/J/K
    Hamilton Lacerda, Jorge Lorenzetti, José Carlos Bumlai, José Eduardo Dutra e Klinger Souza.

    L/M/P
    Luiz Carlos Bresser Pereira, Luiz Gushiken, Luiz Vedoin, Marco Aurélio Garcia, Miriam Belchior, Paulo Okamotto e Paulo Vieira.

    R/S/W
    Ricardo Teixeira, Roberto Teixeira, Ronan Maria Pinto, Rubens Vieira, Sérgio Gabrielli, Sergio Gomes Sombra da Silva, Silvio Pereira e Waldomiro Diniz.

    NÚCLEO ARTÍSTICO-INTELECTUAL-COLUNÁVEL

    A/B
    Alceu Valença, Ana de Hollanda, Andrés Sanchez, Antônio Cândido de Mello e Souza e Beth Carvalho.

    C/F
    Carlos Roberto Massa (Ratinho), Chico Buarque, Fernando Morais e Frei Betto.

    J/L/M
    José de Abreu, Leonardo Boff, Luiz Carlos Barreto, Maria Rita Kehl, Maria Victoria Benevides e Marilena Chauí.

    N/P/R
    Netinho de Paula, Paulo Betti, Paulo César Pereio e Regina Casé.

    S/V/W/Z
    Silvio Tendler, Vladimir Safatle, Wagner Tiso e Ziraldo.

    NÚCLEO JURÍDICO

    Antônio Carlos Kakay de Almeida Castro, Dalmo Dallari, Dias Toffoli, José Eduardo Cardozo, Luís Inácio Adams, Luiz Eduardo Greenhalgh, Márcio Thomaz Bastos, Nelson Jobim, Pedro Abramovay, Ricardo Lewandowski e Tourinho Neto.

    NÚCLEO JORNALÍSTICO-ESGOTOSFÉRICO

    Eduardo Guimarães, Emir Sader, Franklin Martins, hildegard Angel, Jânio de Freitas, Leonardo Attuch, Luís Fernando Veríssimo, Luis Nassif, Marcos Coimbra, Mino Carta e Paulo Henrique Amorim.

    NÚCLEO SINDICAL

    Antônio Rogério Magri, Jair Meneguelli, Maria Izabel Noronha, Paulinho da Força e Vagner da CUT.

    NÚCLEO PRESIDIÁRIO

    Delúbio Soares, Henrique Pizzolato, João Paulo Cunha, José Dirceu, José Genoino, Kátia Rabello, Nem e Valdemar Costa Neto.

    NÚCLEO INTERNACIONAL

    Bashar Al-Assad, Cesare Battisti, Cristina Kirchner, Evo Morales, Fidel Castro, Hugo Chávez, Mahmoud Ahmadinejad, Manuel Zelaya, Raúl Castro e Robert Mugabe.

    NÚCLEO DOMÉSTICO

    Fábio Luís Lulinha da Silva, Lurian Cordeiro Lula da Silva, Marisa Letícia e Rosemary Noronha.

    http://migre.me/csr29

    Núcleo Espiritual: Padre Lancelotti

  3. SAIU A LISTA MAIS ESPERADA DO NATAL

    Com 194 nomes divididos em nove núcleos, já está na seção O País quer Saber a lista mais esperada que qualquer presente de Natal. Em ordem alfabética, ali desfilam as figuras que, por decisão do timaço de comentaristas, não podem ficar fora da campanha resumida na palavra de ordem “Mexeu com Lula, mexeu comigo!”

    Confira a relação de patriotas que resolveram transformar o ex-presidente no único brasileiro com licença para pecar sem castigo. Quem achar que faltou algum nome está convidado a apresentar recursos em segunda instância. Todos serão examinados com muito carinho.

    http://veja.abril.com.br/blog/augusto-nunes/

  4. Barbosa livra da prisão os mensaleiros condenados do MENSALÃO!

    Houve greve na PAPUDA dos condenados que esperavam CARNE NOVA na Ceia de Natal!
    Por enquantos as pregas marxistas dos Petralhas corruPTos resistem bravamente ao RELAX AND ENJOY que os espera!

  5. .
    Reformas levam milhares a pedir passaporte em Cuba
    .
    .
    Fernando Ravsberg
    .
    Da BBC Mundo em Havana
    .
    Atualizado em 21 de dezembro, 2012 – 17:42 (Brasília) 19:42 GMT
    .
    Milhares de cubanos estão fazendo filas em escritórios do departamento de imigração para conseguir seus passaportes, antecipando a entrada em vigor da lei que facilita a entrada e saída do país.
    .
    A previsão é que as regras mais flexíveis para as viagens internacionais passem a valer na ilha no dia 14 de janeiro.
    Notícias relacionadas
    .
    Hoje, quase todos os cubanos precisam de cartas-convite ou permissões de saída para deixar a ilha.
    .
    Obter esses documentos implica em um custo de pelo menos US$ 350 (R$ 725) por viagem, além de envolver um processo burocrático complicado e demorado.
    .
    Em janeiro, as taxas para emissão do passaporte também devem subir de US$ 50 (R$ 103) para US$ 100 (R$ 207).
    .
    O passaporte cubano é válido por seis anos. Por isso, mesmo quem não pretende deixar o país nos próximos meses está tentando obter o documento de viagem pela metade do preço.
    .
    Segundo o departamento de imigração do país, cubanos que têm um passaporte válido, poderão “habilitá-lo” para viajar sob as novas condições, mais flexíveis.
    (continua)
    .
    .
    http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2012/12/121221_cuba_ru.shtml
    .
    .
    A ditadura não pretende realizar maiores mudanças na economia e eles permitem agora que as pessoas possam sair do país.
    Desta forma a revolução dos irmãos Castro dura mais algum tempo.
    Pelo menos sabem que não são capazes de melhorar a situação, apesar de décadas de imposição de idéias absurdas e de apoio de intelectuais que defendem esta revolução fracassada.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s