O voto inútil

citacion

Vejo meus concidadãos irem como autômatos ao botequim, vegetarem mansamente no trabalho e colocarem sem esperanças os votos nas urnas. Suas vidas passam enquanto compram o pão – cada vez menor – recebem o salário simbólico que não lhes é suficiente nem para viver mal e levantam a mão nas assembléias de designação de candidatos. Nenhum dos eleitos no atual proceso eleitoral conseguirá resolver os problemas do cotidiano que lastreiam a vida em Cuba. Dos propostos se conhece apenas sua fotografia e uma biografia cheia de “façanhas”, onde se declara – quase sempre – que têm “uma origem humilde”. Não aparece sequer mencionada uma palavra acerca dos seus programas ou intenções depois que assumirem o novo cargo.

Curiosamente, quase todos os que chegam a ser delegados de circunscrição são militantes do PCC e põem sua disciplina partidária acima dos deveres para com seus eleitores. Não vão nos representar frente ao governo, nem serão nossa voz projetada às instituições, senão que atuarão como os arautos de malas novas chegadas de cima, canais de transmissão dessas regulações e diretrizes que uns poucos decidem. Em mais de trinta anos de sua existência estes representantes do Poder Popular não conseguiram que o lixo seja recolhido eficientemente, as padarias trabalhem com qualidade e os esgotos não transbordem por todas as partes. Tampouco encarnam a heterogeneidade de tendências existentes em nossa sociedade. Chegaram a esses postos mais por sua provada fidelidade que por sua capacidade de gestão.

Esta noite é a reunião para propor candidatos na zona de blocos de concreto onde vivo. A citação chegou faz um par de dias enquanto na televisão nos convocavam para eleger os melhores e os mais capazes. Contudo, não tenho nem um pouco de fé num mecanismo que provou sua inoperância e seu sectarismo. Gostaria de levantar a mão pelo vizinho de verbo firme e projetos concretos que vive em frente, porém há ordens de perseguir quem aponte um “dissidente”, inclusive esses que só parecem ser propensos à mudança. Existem muitas possibilidades de que seja ratificado o mesmo delegado que desde há mais de dez anos nos promete soluções, consciente que não está em suas mãos cumpri-las. Ele é o candidato cômodo destas eleiçoes inúteis, e nós meros manequins que devem levantar a mão ou preencher o voto.

Traduzido por Humberto Sisley de Souza Neto

About these ads

Deixar uma resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s